14/07/14

Deixem-me desabafar, por favor....

Estávamos a 8 de Julho... Era uma terça-feira em que se jogava uma meia-final do campeonato do mundo de futebol (foi aquele terrível dia para a selecção canarinha) e, à mesma hora, uns quarenta e cinco loucos por boa música portuguesa dirigiram-se ao Teatro Académico de Gil Vicente.
Nessa noite apresentava-se o 'trio pessoa' composto pela violoncelista RAQUEL REIS, pelo violinista OTTO PEREIRA e pelo pianista JOÃO CRISÓSTOMO. Preparavam-se para interpretar o "Trio" de António Fragoso, um outro "Trio" (ainda sem nome) composto para eles por Mário Laginha, a composição "Drives" de Vasco Mendonça e um arranjo criado pelo próprio 'trio pessoa' de música tradicional portuguesa.
Saí do TAGV uma hora e meia depois e com a sensação de que tinha ouvido um dos melhores concertos dos muitos que tive o prazer de ouvir este ano. Parece exagero, mas a qualidade extraordinária dos intérpretes, aliada à criteriosa escolha e alinhamento do reportório fizeram deste evento concertístico algo de sublime, de etéreo que provocou nos 'sortudos' espectadores uma alma cheia...
De Fragoso é difícil falar, mas ouvi muitas observações de que tinham escutado a 'sua' obra prima; de Mário Laginha apenas desejo dizer que a peça entra facilmente nos nossos ouvidos e  é muito bela 'sentindo-se' que o Autor a escreveu pensando naqueles excelentes intérpretes que têm um lindo projecto de divulgar a boa (muito boa...) música portuguesa.  Seguiu-se a "Drives" de Vasco Mendonça. Soubemos que é uma das suas primitivas composições e que foi escrita quase no final dos seus estudos. Mas, apesar de se sentir um certo ar de juventude, vê-se que ela é muito bem construída e que já revela aquele grande compositor de que tanto gostamos. Finalmente, e para, no dizer de João Crisóstomo, o final do concerto mostrou-nos não só a veia criativa do 'trio pessoa', como a sua capacidade e excelência interpretativa. Um cantar alentejano, outro açoreano e, finalmente, um corridinho algarvio fecharam este concerto quase que solicitando ao extasiado público que não percam qualquer actuação deste 'trio pessoa', pois dificilmente se irão esquecer destes três artistas que um dia resolveram juntar-se para nos darem BOA MÚSICA PORTUGUESA.



Por isso apelo a todos os leitores deste blogue que adiram à operação de crowdfunding que o 'trio pessoa' lançou para poderem editar em CD este belíssimo concerto, pois garanto-vos que a causa deles é nobre e em prol da Música Portuguesa. Aqui vai o link do crowdfunding e corram a dar-lhes um pequeno auxílio em prol da boa música portuguesa e dos seus óptimos intérpretes: http://ppl.com.pt/pt/prj/trio-pessoa


É um acto de grande empenho na CULTURA PORTUGUESA...por favor, comecem já a ajudá-los e sem demoras.

Sem comentários:

Enviar um comentário