21/03/12

António Fragoso revisitado

A perda do manuscrito de uma composição de António Fragoso para orquestra de cordas e harpa intitulada "Dança", que chegou a ser tocada em 1921 por Artur Fão e que Luís de Freitas Branco numa crítica publicada no Diário de Notícias nos comprovou a sua existência, levou-nos a pensar em iniciar uma fase de transcrições da sua pequena obra. Foi com grande alegria que, ontem, o Presidente da Associação António Fragoso recebeu das mãos do compositor Vasco Mendonça, as novas partituras do 'Nocturno em Si' agora para orquestra de cordas. Estamos ansiosos por ouvir esta transcrição que de algum modo vem preencher a lacuna que a "Dança" deixou. Pedimos também ao Maestro Pedro Neves para a ensaiar e tocar com a sua Camerata 'Alma Mater'. Este pedido não invalida que este segundo Nocturno Orquestrado (o primeiro é o Nocturno em Ré orquestrado pelo próprio autor) que outras formações, portuguesas ou estrangeiras, a venham a tocar. Esperamos receber pedidos nesse sentido. E aguardemos a estreia, que será devidamente anunciada. Obrigado ao compositor Vasco Mendonça e ao Maestro Pedro Neves por terem acolhido tão bem mais esta iniciativa de Associação António Fragoso.

Sem comentários:

Enviar um comentário